Receber PDF via e-mail Download PDF
Enviar email

Myanmar

8 Dias / 7 Noites

Terrestre

Início: Rangum

Visitando: Rangum, Mandalay, Bagan, Mingun, Amarapura, Heho, Pindaya e Inle Lake.

Saídas: Terças-feiras

Mínimo de 02 passageiros.

1º DIA: RANGUM (YANGON)

Chegada ao Aeroporto Internacional Mingaladon, recepção no aeroporto e traslado ao hotel. Acomodação. Pernoite em Rangum.

◊ Maior cidade do Myanmar, antiga Birmânia, Rangum situa-se no Sul do país, na costa do mar de Andaman. Fica na foz do rio seu homônimo, a leste do delta do Irrawaddy, sendo também um importante porto. O nome da cidade provém provavelmente da palavra birmanesa yangun, que significa "fim da luta". O nó comercial da cidade é o Mercado de Bogyoke Aung San, batizado com o nome do primeiro-ministro sob o governo britânico e que foi assassinado pouco antes da independência do país. Ali se encontram à venda, ao lado de alimentos e roupas, artigos lacados, objetos de ouro e prata e rubis e jade das minas birmanesas. Próximo do Pagode de Shwe Dágon ficam os lagos reais em cujas margens se situam vivendas das elites políticas e militares do país. A cidade é o centro econômico do país, sendo pela cidade que se faz a maioria das importações e exportações, especialmente através do rio Rangum. É também uma cidade onde se efetua bastante investimento estrangeiro.

2º DIA: RANGUM (YANGON) - BAGAN

Café da manhã no hotel. Traslado ao Aeroporto para embarque em voo com destino a Bagan. Chegada, recepção no aeroporto e saída para um tour pela cidade começando pelo frenético mercado local e continuando pelos principais templos e pagodes de Bagan. Visita ao Pagode Shwezigon - enorme pagode dourado do século XI, Gu Byauk Gyi - templo do século XIII com lindos murais de cenas Jataka, o templo "caverna" de Kyansittha e seus corredores decorados por afrescos do século XIII, Gubyaukgyi - outro templo "caverna" com afrescos sofisticados dos "Contos de Jataka”. A próxima parada é em Htilominlo, o último templo construído em estilo Bamar, com murais e frisos antigos. Ainda pela manhã, visitaremos a vila Taung Phi para admirar antigos mosteiros, que têm belos afrescos da dinastia Khone baung. Almoço no Ayeyarwaddy River Terrace Restaurant. À tarde, visita ao Templo Ananda, uma obra-prima da arquitetura Mon com quatro Budas em pé e um mosteiro com lindos murais preservados. Parada para fotos no templo mais alto de Bagan, Thatbyinnyu (61 metros) - também conhecido como “Templo da Onisciência” (sec. XII). Continuação a Mingalazedi, o último dos grandes pagodes construídos no século XIII, representando o auge da arquitetura Bamar. Por do sol em um dos antigos monumentos ao longo do Rio Ayeyarwady. Retorno ao hotel. Pernoite em Bagan.

◊ Bagan, antigamente Pagan, foi a antiga capital de vários reinos no Myanmar. A cidade fica localizada na meseta árida do país, na margem oriental do Rio Irauádi a 145 quilômetros sudoeste da cidade de Mandalay. Empoleirado sobre um antigo templo budista, o pôr do sol que cai vermelho sobre Bagan é encantador. Centenas, milhares de estupas apontando para o céu formam com as montanhas ao longe um dos cenários mais poderosos do sudeste asiático. As estupas são construções budistas que originalmente serviam para conservar relíquias ligadas a Sidharta Gautama, o Buda. Sua arquitetura de elementos verticais espalhou-se por todo o continente, do Japão ao Nepal, da Tailândia à Índia, terra de origem do budismo. Mas em nenhum outro lugar elas dominam tanto quanto aqui, num platô semidesértico no centro do Myanmar. Existem controvérsias quanto o número de pagodes em Bagan. Os numeros variam de 2.200 a 3.300 em contraste com mais de 5.000 pagodes durante a altura do seu centro político. Após o sismo do ano de 1975, a fim de preservar os templos, apenas bicicletas e carruagens puxadas por cavalos, estão autorizados a transitar entre os pagodes.

3º DIA: BAGAN - MANDALAY

Café da manhã no hotel. Traslado ao Aeroporto para embarque em voo com destino a Mandalay. Chegada, recepção no aeroporto e traslado ao hotel. Check in a partir das 14h00min. Acomodação. Saída para uma visita a “Mahamuni Pagoda” e seu espetacular Buda coberto de camadas de ouro (a estatua de Buda mais sagrada da região). Parada para admirar esculturas em pedra sendo talhadas e laminas de ouro sendo divididas em finas folhas. Perto do rio fica Shwe-im-bin, um mosteiro de madeira com mais 100 anos de idade que é conhecido por sua linda arquitetura. Parada em ateliês locais para ver a tapeçaria kalaga sendo feita e folhas de ouro sendo transformadas em finas plaquetas. Almoço no Bistro @ 82 Restaurant. À tarde, visita ao Pagode Kuthodaw e suas 729 lousas de mármore gravadas com inscrições budistas (conhecido como o maior livro do mundo!). Continuação ao Shwe Nan Daw Kyaung (Templo Dourado), soberbo exemplo de uma tradicional construção em madeira e o único edifício real que sobreviveu aos bombardeios durante a 2ª Guerra Mundial. No pagode do Kyaukdawgyi, você verá uma grande estátua de Buda esculpida em um único bloco de mármore local. No topo de Mandalay Hill se encontra um templo com paredes salpicadas de pequenos espelhos que refletem o brilho da noite à medida que o sol se põe. Em seguida, visita ao Mosteiro Shwe Kyin para observar os monges-estudantes dando inicio as orações da noite. Retorno ao hotel. Pernoite em Mandalay.

4º DIA: MANDALAY - MINGUN - AMARAPURA - MANDALAY

Café da manhã no hotel. Traslado ao píer com uma breve parada no mercado local de Zeycho. Saída em barco pelo Rio Ayeyarwady até Mingun (11 km – aprox. 1 hora). O rio está sempre cheio de canoas longas, jangadas de bambu e barcos levando mercadorias e pessoas rio acima e rio abaixo. Chegada e visita ao Mingun Bell, o maior sino intacto de bronze do mundo (87 toneladas). Continuação ao lindo Pagode Hsinbyume (Ma Thein Tan) Paya e ao impressionante e inacabado Pagode de Mingun, construído com a intenção de ser o maior do mundo! Retorno a Mandalay pelo rio. Almoço no Mya Nanda Restaurant. À tarde, saída com destino a Amarapura, a penúltima capital real localizada a apenas 11 km de Mandalay. Visita ao Mosteiro Bagaya e sua soberba coleção de estatuas de Buda e a famosa ponte de madeira U Bein Teak, construída em 1851 sobre o Lago Taungthaman para conectar dois povoados (um dos locais mais fotografados do país!). Retorno ao hotel. Pernoite em Mandalay.

5º DIA: MANDALAY – HEHO – PINDAYA – INLE LAKE

Café da manhã no hotel. Traslado ao Aeroporto de Mandalay para embarque em voo com destino a Heho. Chegada e traslado terrestre para Pindaya (aproximadamente 1 hora) uma interessante viagem pelas montanhas. Visita as Cavernas de Pindaya onde existem milhares de imagens de Budha e as casas locais onde as famílias produzem os guarda chuvas em papel. Almoço no Green Tea Restaurant em Pindaya. Prosseguiremos ao Vale de Nyaungshwe na extremidade do Lago Inle.No caminho passaremos pelo Monasterio de madeira de Shweyanpyay. Transporte em barco local até o hotel. Pernoite em Inle Lake.

6º DIA: INLE LAKE

Café da manhã no hotel. De manhã cedo, aproveite o colorido mercado local da região do Lago Inle e tenha contato com as minorias étnicas Pa-O, Danu e Intha (o mercado não funciona diariamente). Saída em long-tailed boat (tradicional barco longo e estreito) pelo Lago Inle, o “sonho dos fotógrafos”! Suas aguas tranquilas com vegetação flutuante e canoas de pesca se combinam perfeitamente com o cenário das montanhas circundantes. Admire os “leg rowers”, remadores do grupo étnico Intha que utilizam a perna em volta do remo para se mover pelo lago. Almoço no Mr Toes´s Restaurant. Visita ao Pagode Phaung Daw Oo - o local mais sagrado do Estado Shan e Mya Set Kyar, local de tecelagem artesanal de seda. Passando pelos jardins flutuantes chegamos ao Mosteiro Nga Phe Kyaung, um dos mais antigos do Lago Inle. Navegação de retorno ao hotel. Pernoite em Inle Lake.

7º DIA: INLE LAKE - HEHO - RANGUM (YANGON)

Café da manhã no hotel e traslado até o Aeroporto de Heho para embarque em voo com destino a Yangon. (voo incluído). Chegada a Yangon e saída para um tour pela pitoresca “Cidade-Jardim”, incluindo o centro histórico colonial, a área de Chinatown, o Bairro Indiano, o milenar Pagode Dourado de Sule. Na parte da tarde visita ao Pagode Shwedagon, um dos mais espetaculares monumentos religiosos do mundo! Sua abóboda se encontra a 98 metros da base e é coberta com 60 toneladas de ouro! Ao final do tour, traslado ao hotel. Almoço em restaurante local.

8º DIA: RANGUM (YANGON)

Café da manhã no hotel. Check out do hotel até as 12h00min. Traslado ao Aeroporto Internacional Mingaladon e fim dos nossos serviços.

Inclui:
  • 1 noite de acomodação em Rangum com café da manhã (1ª estadia);
  • 1 noite de acomodação em Bagan com café da manhã;
  • 2 noites de acomodação em Mandalay com café da manhã;
  • 2 noites de acomodação no Lago Inle com café da manhã;
  • 1 noite de acomodação em Rangum com café da manhã (2ª estadia);
  • Serviços regulares com guia acompanhante em espanhol;
  • Traslados e visitas em veículos com ar condicionado, água potável e toalhas refrescantes;
  • Entradas aos monumentos mencionados;
  • Passeios de barco onde especificado;
  • 6 almoços;
  • Passagens aéreas domésticas Rangum / Bagan / Mandalay / Heho / Rangum em classe econômica com taxas de embarque;
  • Cartão de Assistência “Plano Full” da Global Travel Assistance (GTA). Para passageiros de 71 a 80 anos é necessário pagamento de suplemento. Para passageiros maiores de 80 anos é necessário pagamento de suplemento e há redução de benefícios médicos. Favor verificar detalhes e valores.


DestinosHotéis previstos - Categoria Superior
RangumChatrium Hotel (ROH)
Bagan
Tharabar Gate Hotel (Deluxe Room)
Mandalay
Shwe Pyi Thar (Deluxe)
Inle Lake
Novotel Inle Lake (Junior Suite)
Rangum
Chatrium Hotel (ROH)


Preços sob consulta!

Observações:

  • Preços por pessoa em Dólares Americanos, a serem convertidos para reais no dia do pagamento.
  • Reservas sujeitas à disponibilidade e preços sujeitos a alteração sem aviso prévio.
  • Em todos os traslados a se realizarem nos distintos pontos do Myanmar, se contempla uma mala por passageiro + a bagagem de mão.

Documentação:

  • Cidadãos brasileiros necessitam visto de turista para ingressar no Myanmar. Maiores informações favor entrar em contato com a Embaixada da União de Myanmar em Brasília.
  • É necessário viajar com um passaporte com prazo de validade superior a seis meses.
  • É necessário viajar com Certificado Internacional de Saúde constando a vacina contra a febre amarela - antecedência mínima de 11 dias do embarque.